Se os fios começam a afinar ou cair, alerta vermelho: é hora de tratar a calvície, que não é apenas problema de homem

A queda de cabelo, grande preocupação estética dos homens, ocorre também com as mulheres. Segundo a tricologista Sandra Assis Maia, 50% das mulheres acima dos 40 anos apresentam algum grau de calvície, que pode ser causada por questões genéticas, hormonais, nutricionais e até por estresse.

Quando os fios não caem em grande volume, mas ainda assim percebe-se a diminuição de volume na cabeleira, o problema pode ser hormonal. A ação de uma enzima sobre o hormônio testosterona resulta em outro hormônio mais poderoso, o DHT. “Esse hormônio age sobre os folículos pilosos, provocando sua diminuição, e consequente afinamento dos fios”, explica a dermatologista Érica Monteiro.

Se a queda é em grande volume e espalhada pela cabeça, o caso pode ser outro. “Cirurgias, deficiências nutricionais, regimes radicais, medicação pós-parto e doenças crônicas podem causar esse tipo de queda”, conta a dermatologista Maria Bussade. Nessa categoria também se encaixa o uso indevido de química nas madeixas, que pode levar até à calvície completa.

O estresse, doença da vida moderna, também pode ter como consequência a queda de cabelo. “O excesso de responsabilidade que elas têm assumido no seu crescimento profissional pode aumentar o nível de irritabilidade e provocar a queda dos fios”, comenda Sandra.

Além disso, outras causas como anemia ou alterações tireoidianas podem provocar a queda dos cabelos nas mulheres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *